Sebrae desenvolve ação piloto com minimercados

16/09/2016

por Igor Marques

No atual cenário econômico, os minimercados e lojas de conveniência têm ganhado destaque junto ao consumidor e vêm apresentando uma média de crescimento superior aos demais negócios da indústria alimentar brasileira. Com o objetivo de aproximar comercialmente essas empresas do mercado de panificação, o Sebrae promove uma campanha piloto de relacionamento entre esses atores. A ideia é que empresas se encontrem e promovam uma parceria comercial de resultado igualmente benéfico.

 

Em agosto foram realizados dois encontros, em Macapá/AP, no dia 25, e no dia 31 em Brasília/DF. Participaram dos eventos representantes de mais de sessenta empresas entre padarias, minimercados e outros fornecedores da indústria de alimentos. Além das trocas comerciais, os participantes puderam acompanhar palestra do diretor técnico do Instituto Tecnológico da Alimentação, Panificação e Confeitaria (ITPC), Emerson Amaral, sobre o crescimento dos mercados e as tendências e possibilidades de negócio.

 

Para Amaral, o resultado dessa catarse pode ser muito gratificante para os dois mercados. “Eu acredito que essa parceria é interessante. O mercado consumidor tem buscado uma maior oferta de pontos de venda que ofereçam alimentos frescos. O fato dos minimercados terem esse tipo de produto amplia sua conveniência junto ao consumidor. Por outro lado, as padarias também tem a possibilidade ampliar o seu mercado e incrementar as suas vendas”.

 

A coordenadora nacional de alimentos e bebidas do Sebrae Nacional, Mayra Monteiro Viana vê uma possibilidade de desenvolvimento nesta parceria. “É extremamente relevante aproximar esse negócios. Nosso objetivo é promover essa aproximação para valorizar ambos os setores e como mostrar como eles podem se beneficiar dessas trocas. As padarias estrão ficando pra trás dos pães industrializados e o minimercados cresceram demais nesse setor. Porém o consumidor está mais exigente e quer pães artesanais, que é a especialidade da panificação, e uma variedade maior de produtos. Juntando um setor que vem em crescimento e tem essa demanda para os produtos panificados mais frescos poderemos ter grandes negócios para ambos”, destaca.

 

Além dos primeiros eventos, o convênio ainda promoverá mais um encontro piloto em Campo Grande no Mato Grosso do Sul em data a ser marcada. A ação foi desenvolvida pelos setores de Atendimento Setorial Indústria, Atendimento ao Comércio e Acesso a Mercados e Serviços Financeiros do Sebrae.