Clima otimista para o segmento de panificação nas festas de fim de ano

Eliomar de Lima (O Povo)

17/10/2016

As festas de fim de ano devem aquecer, na ordem dos 10%, um segmento da economia cearense: as padarias. É o que diz o presidente do Sindicato da Indústria da Panificação e Confeitaria, Lauro Martins, adiantando que não há otimismo exagerado, porque cestas natalinas, cafés da manhã, reuniões de confraternização e outros serviços ofertados pelo segmento, já dão sinal de que Papai Noel promete ser generoso. “Nós já estamos abertos a encomendas e reservas. Nossas padarias, em sua grande maioria, se transformaram hoje em ponto de eventos e encontros variados. Com certeza, no período natalino, teremos incremento”, reforça Lauro Martins, observando que a mudança em Brasília trouxe ânimo para o mercado. Haja, portanto, otimismo no forno.