Padaria gourmet sobre rodas leva pão quente a morador de condomínio chique

por Carlos Brasil (UOL)

01/03/2016

Morar em condomínios de luxo em torno de grandes cidades tem vantagens e desvantagens. Um dos problemas é que essas ilhas de conforto e segurança estão distantes das redes de serviços.

 

Tendo isso em mente, cinco sócios criaram a Sagrado Boulangerie, com três padarias móveis que preparam pão quente na hora e atendem, inclusive, moradores do condomínio Alphaville, localizado em trechos de duas cidades (Barueri e Santana de Parnaíba, na Grande São Paulo).

 

"Como moradores da região, percebemos uma dificuldade para ter pães frescos e de qualidade em casa, pelas distâncias e excesso de trânsito. Era preciso mudar esta realidade e tornar o costume de ter o pãozinho fresco em casa mais acessível", diz Thaís Cerdeira, 38, uma das sócias das padarias sobre rodas.

 

A empresa firma parcerias para atuar em condomínios e prestar atendimento diário. A divulgação é realizada pela administração dos condomínios e pelas redes sociais da Sagrado. 

 

Além de uma caminhonete e dois trailers, a empresa possui uma base produtora e de logística em Santana de Parnaíba, onde fica o estoque e é feito o preparo da massa de pão. Cerca de 50% do processo – que inclui fermentar e levar a massa ao forno – acontece dentro do veículo.

 

Preços vão de R$ 1,56 a R$ 9 por 100g

Entre os produtos oferecidos, estão pão francês, croissants, brioches, ciabattas, broas, baguetes, pães italiano, português e australiano, entre outros. Os preços, em média, vão de R$ 1,56  a R$ 9,00 a cada 100g, dependendo do tipo de pão. As unidades móveis vendem também granolas, bolos e sequilhos.

 

As operações começaram em outubro de 2015. O produto mais vendido é o pão francês, com 700 unidades ao dia em cada veículo. O investimento inicial foi de R$ 700 mil, e o objetivo da empresa é dobrar esse investimento em 2016. Dois novos trailers devem começar a operar agora em março.

 

"Estamos considerando 2016 como um ano pré-operacional, fase de investimento e aprendizado. Mas, o nosso balanço dos primeiros meses já é bastante positivo", diz Thais Cerdeira, que projeta o retorno do investimento no prazo de dois anos e meio. 

Para viabilizar o projeto, os sócios procuraram a empresa especializada em adaptação de veículos Truckvan. "Os sócios do empreendimento falaram quais eram as expectativas deles e rapidamente aceitamos o desafio e desenvolvemos as padarias sobre rodas conforme eles solicitaram", afirma Alcides Braga, 52, sócio-diretor da empresa.

 

Food truck custa até R$ 220 mil

Segundo Braga, adaptar uma padaria móvel ou qualquer outro tipo de food truck exige investimento total em torno de R$ 190 mil a R$ 220 mil, dependendo do veículo escolhido e dos equipamentos incluídos. Esta foi a primeira padaria móvel da Truckvan, que já havia adaptado veículo para a venda de pães, sem forno.

 

Os veículos da Sagrado Boulangerie têm 8 m² de área útil interna, onde são armazenados, assados, expostos e vendidos os pães. Para atendimento do público, foi instalada uma plataforma externa, com acesso por escada.

 

Pão tem que chegar cedo ao cliente

Para o sociólogo e professor da Trevisan Escola de Negócios Roberto Huck, 53, a iniciativa da Sagrado parece inovadora. "Mas toda boa oportunidade deve ser muito bem analisada. O número de consumidores atingidos deve ser significativo para haver o retorno desejado", diz.

 

A padaria móvel tem um alto investimento. Sobre a influência disso no retorno do negócio, Huck diz: "Para uma análise profunda, seria preciso ver o plano de negócios da empresa. Mas, na minha opinião, oferecer apenas pães é uma forma muito arriscada de retorno, ou seja, apostar num único produto".

 

Além disso, ele destaca pontos para os quais o empreendedor deve estar atento. "O cliente não deve ficar esperando o pão chegar para tomar o seu café", diz. "Os trabalhadores devem ter uma capacitação específica" e, com concorrentes, "quais as 'cartas na manga' terá para se superar e superar a concorrência e assim manter o cliente fiel?"